28 de nov de 2006

A luta não pode parar



Eu não sabia.Não sabia muita coisa sobre a vida. Não sabia que um abraço tem um valor incalculavel em nossas vidas.Também não sabia como era bom ser palhaço as vezes, sair por ai brincando, e distribuindo alegria.

Por muito tempo eu não soube o verdadeiro significado do trabalho, do amor, da amizade.
Mais chegou o dia, que eu soube.


Soube que a vida nos proporciona a cada dia um dia novo.
Mas, na vida tudo tem um "mas", não e? Para eu saber todas essas coisas, eu precisei saber que tenho Hiv. Precisei saber que tenho uma doença "incurável", para dar valor a cada célula de minha vida.

Descobri-me soropositivo há 04 anos. Iniciava um novo relacionamento e resolvi fazer o teste para ficar tranqüilo. Fui atropelado pela surpresa. Com dois testes anteriores negativos, até então me julgava imune à infecção. Supunha que por ser bem informado, não corria riscos. A autoconfiança injustificada, associou-se a um relaxamento na prevenção. Foi fatal. A descoberta foi atormentadora, como ocorre com todos os que vivem a mesma situação. Quando ligaram do laboratório pedindo que eu fosse refazer o teste, com a alegação de que no anterior tinha havido problemas com o kit, suspeitei, de cara, que o resultado seria positivo. Da segunda coleta de sangue ao anúncio do resultado, achei que o mundo fosse acabar. Chorava, fazia promessas... Nada adiantava. No início, partilhei o segredo apenas com uma amiga com quem confiava. Por um período fiquei “anestesiado”, voltado para dentro de mim mesmo e da minha dor. Rompi a relação com meu parceiro para não haver risco de infectar a pessoa com quem ainda hoje mantenho amizade. Os quatro primeiros meses foram de muita angústia, mas o tempo foi passando, e a vida seguindo... Descobri que a “sentença de morte” não se concretizava. Com o tempo voltei “à vida normal”. Não ia ficar esperando pelo fim... Mergulhei no trabalho. Nos primeiros três anos, pensei apenas em aproveitar o presente. De repente, voltei a fazer planos. “Cada um tem seu tempo para descobrir que a vida continua”... E hoje sinto a morte distante: “quero um futuro igual ao que planejava antes; nada de diferente”. Desde a descoberta da infecção, pra cá, três pessoas passaram pela minha vida, mas foram amores desencontrados. Espero uma grande paixão. Mas terá de ser com alguém soropositivo como eu. Não admito outra hipótese, tenho medo de transmitir a infecção para alguém. “A camisinha sempre pode estourar, e aí será uma viagem sem volta. Essa possibilidade me assusta”.



Enfim, a vida é uma surpresa todos os dias.Então não deixe ela te surpreender, surpreenda-a.

Dia 1 de dezembro- Dia Mundial de Luta contra a Aids

10 comentários:

HAIRYBEARS disse...

OLA AMIGOS ....

ADOREI O POST ...

PRINCIPALEMTNE A ULTIMA FRASE ...

BEIJOS

12:06 PM
Menino G disse...

Cara fiquei sabendo que essa estória de refazer o teste é uma artimanha dos cara eles dizem que teve algum problema para refazer o teste e darem um parecer final. Recentemente eu passei por uma situação muito dificil descobri que o ex do meu ultimo namorado tinha aids, fiquei apavorado. Mas ele me jurou que os dois não mantiveram relações, justamente por que o cara evitava assim como vc tranzar.
Bem, fica o recado pro pessoal: usem camisinha, é muito importante. Sem ela não rola.
Beijos

5:00 PM
Marcelo SunShine disse...

Quando O Assunto é prevenção muitos opinam... Quando se trata de aceitação Muitos se esquivam.. SIm é um Quadro lamentavel a Falta de informação..
|
Perdi uma pessoa muito , Mais muito querida Que tinha o Vírus.. Aprendi A conviver Com a doença, a entender..e lutar pela aceitação desta pessoa.. não Sofri mais do Que ela.. não, Não é isto.. eu apenas Sofri.. a 5 Anos perdi minah AVó.. uma Mulher MAravilhosa ela tinha 52 Anos.. Nova por assim Dizer.. me mostrou muito.. Sobre Tudo.. Principalmente Sobre a vida.. Eu Iria inaugurar Aqui no Dia 1º.. FAlando Sobre isto.. Aids.. Mas meu psot.. agora.. não vale nada perto do Seu.. VoÇÊ Esta Vivendo, Passando pro isto.. Eu apenas acompanhei alguém Que tinha..
|
Hoje minha Mãe.. Enfermeira.. trabalha apenas Com pacientes Soro positivos.. Uma situação inusitada.. sempre que olho os pacientes me recordo..e no fundo acabo vendo claramente a mesma sede de viver de minha Avó..
|
Creio Que a discriminação seja massacrante.. mas fico feliz Que a Sua vontade de viver é bem MAior Que isto..
|
Sem mais.. beijos!

8:28 PM
Lú - Rj disse...

Isso nao foi um post. Foi uma lição!
Já tive dois amigos (eles já se foram) soro positivos. E foi muito triste perdê-los! Eram pessoas alegres, mas que, infelizmente, só souberam da doença quando estava quase morrendo.
Eu nunca fiz esse exame! É até um vergonha dizer isso! Já passou da hora de fazer.
Admiro sua força! Nao sei se teria a mesma força que vc tem (como colocou no post). Torço para que vc viva muito mais! E que seja muito feliz!
Abraços!

11:04 AM
Beija-Flor disse...

Inesperado.

Essa é a palavra que consigo pensar agora! As palavras parecem fugir agora...

2:28 PM
Bi du Surf disse...

Cara, estou sem palavras, sumiram-se todas...

bçao

3:41 PM
Tônio disse...

Bah garoto, que lição de vida! Parabéns! Eu tenho bastante informação quando a AIDS mas sei que a camisinha pode estorar e isto me assusta. É um prazer te ler, é um prazer compartilhar da tua intimidade, é um prazer te ter por aqui, tudo de bom nessa vida, que os planos se concretizem e que o amor venha, pois todos precisamos, independente de qq coisa.

8:19 AM
Luciano disse...

Fiquei primeiro surpreso e chocado, sem palavras, ao ler este post. Mas depois do choque veio a admiração, admiro sua atitude. Agradeço por este post, as pessoas precisam se conscientizar desse risco. E é um risco que todos nós corremos, pois não existe sexo completamente seguro, mas é possível diminuir o risco com prevensão adequada. Camisinha, e sempre! Sinto muito por o que você deve ter passado e pelo o que está passando, mas parece que você é uma pessoa forte e corajosa, que conseguiu dar a volta por cima. Parabéns por este post, que como o Tônio acima disse, é uma lição de vida! Um abraço!

4:41 PM
Rick disse...

Pootz, post maravilhoso!!
Muito bom mesmo, como todos os outros textos.
Enfim, é isso ai mesmo!!
Abração.

PS> Linkei vocês.

10:06 PM
Anônimo disse...

bom adorei esse comentario,mas tenho uma pequena duvida.a possibilidade de pegar aids ou uma dst quando a camisinha estora é menor de adquirir a doença quando um casal faz sem a camisinha?

2:11 AM
 

©2009BLOGAYROZ | by Foxx