17 de set de 2006

Ciúme destruidor

Estive esses dias no site Sorria e vi esse texto por lá. Hoje tantos casais passam por isso. Por isso resolvi posta-lo. Leiam ele até o final é bem interessante. Mas lógico que coloquei ele na versão homossexual.

Esse texto também foi postado em meu blog no dia: 31 de Agosto de 2006. Pra eu não falar sobre a mesma coisa que disse no meu, então eu decidir copiar alguns trechos e colar aqui. Uma grande Beijos e Abraços a todos. E me desculpem pela demora a postar por aqui.
Beijão
Rafael

*************************************
A vida de Junior se tornara muito ruim, desde o momento em que começou a desconfiar que Artur, seu namorado, tinha outro homem.
Junior olhava para ele e se sentia traído.
Toda vez que Artur chegava atrasado do trabalho, mesmo que dissesse que fora o trânsito complicado ou uma reunião de última hora, Junior pensava:
- Demorou por causa do outro. Devem ter se encontrado hoje. Por isso se atrasou.
A paz do lar ficou comprometida. Artur chegava cansado, Junior estava mal-humorado e procurava todos os motivos para reclamar. Por vezes, ele surpreendia Artur dispersivo, distante. O pensamento longe. Era o suficiente para pensar consigo mesmo:
- Hummm, olhe só como está pensativo! Aposto que está pensando nele.
Finalmente, um dia, Junior resolveu seguir o namorado para o surpreender. Esperou-o na saída do trabalho. Artur pegou o carro, andou algumas quadras e parou na floricultura.
Ela viu quando ele escolheu as maravilhosas flores e saiu carregando-as com carinho.
- Mau-caráter - pensou ele - gastando com outro.
Aquilo o deixou de tal forma desconsertado, que começou a chorar. Foi para casa e se jogou na cama.
Chorou muito.
Pouco depois, ele ouviu a porta abrir e seu namorado chegar. Escutou os passos dele na escada, subindo até o quarto do casal, onde ele estava.
Mal o viu adentrar o quarto, ele se sentou na cama, os olhos vermelhos de chorar, os cabelos em desalinho e desabafou:
- Eu vi tudo. Você não pode negar. Comprou flores para ele. Rosas vermelhas maravilhosas. Você me traiu. Traiu o nosso amor.
Alterado, Junior se levantou e avançou na direção dele, mas para sua surpresa, ele trazia nas mãos o lindo ramalhete de rosas vermelhas.
Um pouco chateado, estendendo o ramalhete para ele, Artur falou:
- Hoje é dia do nosso aniversário de namorado, completamos cinco anos juntos. Você nem se lembrou.
*************************************
Uma pequena reflexão pra vocês
O ciúme cria quadros exagerados, fomentando desconfiança. Atestado de insegurança, destrói o relacionamento pelo clima de tensão que cria a todo momento.
Cultivador da infelicidade, o ciúme altera a correta visão dos fatos, aumentando a importância de pequenos atrasos, desejos não atendidos, esquecimentos de datas e compromissos a dois.
Criando azedume, envenena a alma e desassossega o pensamento. Colocando óculos escuros na visão mental, tudo faz parecer escuro, sombrio, devastador.
Uma distração é tida à conta de desinteresse. O atraso para um encontro é considerado desrespeito. Fora da realidade sempre, o ciúme provoca cenas desastrosas e desgastantes, em situações onde uma leve indagação ou uma conversa a dois, com toda a certeza, resolveria Nunca deixemos que o ciúme nos atormente.
Ele é o responsável pela devastação de corações e de lares. Se nos sentimos inseguros, fortifiquemos a relação a dois com diálogos mais profundos, com saídas para um passeio ao luar ou um final de semana a sós.
Se o outro estiver, verdadeiramente, permitindo que a relação esfrie, que o amor amorne, providenciemos o melhor para o estreitamento dos laços afetivos, guardando a certeza de que é nos pequenos gestos que a relação se torna mais forte, mais firme.
Autor(a) do texto: Site Momento de Reflexão
*************************************

Eu acredito que na vida do casal a confiança é primordial. Conheço muitos casos de namoros de longas datas que o ciúme foi responsável pela destruição. Muitos vezes, como diz a reflexão acima, o ciúme venda nossos olhos, não conseguimos enxergar nada.

Eu creio e acredito que um pouco de ciúme até faz a gente se sentir bem, que por um lado dá pra gente ver que nosso namorado ama a gente. E já quando é demais o ciúme já nos mostra a desconfiança. E nisso continuando acaba levando a destruição da relação.

Hoje eu deixo pra vocês esse texto acima.
Leiam e reflitam sobre ele.
Abraços e beijos a todos
Até a próxima
Rafael Magnago

9 comentários:

G.Alter Ego disse...

O ciume é um verme que corroi os melhores relacionamentos, e os piores tb(graças). Gostei.

9:08 PM
Sorta Fairytale disse...

gostei demais...

ciúme acaba com tudo...

1:27 AM
mariposo disse...

Sabe que já fui assim ciumento ao extremo, hoje em dia não ... mas também acho que o ciume tem que ser tratado pelo casal, tipos seu namorado tem ciumes, é porque vc não o deixou seguro do relacionamento, em algum ponto vc está falhando ..... bjs

7:58 AM
Arthur Ferraù disse...

Como assim, "Artur"?? Foi proposital ou coincidência???
Gostei do texto. Realmente o ciúme é uma coisa terrível!
Ab's

9:10 AM
RodrigoBrower disse...

Ciúme é insegurança! Só! Bjs Rafa.

4:59 PM
Lú - Rj disse...

O ciúme... Normal quando tem cautela!
E perigoso quando em demasia!
Eu sou ciumento!
Mas por enquanto consigo controlar!
Adorei o texto!
Abraços!

2:09 PM
Sonhador disse...

Shakespeare disse que o ciume é o monstro de olhos verdes que fica escondido na escuridão de nossa alma esperando pra mostrar suas terriveis garras... meu namorado tem olhos verdes tb...

5:08 PM
Trintinha disse...

Amigooooooooooo! Tudo bem? Olha, dizem que ciúmes pode ser o tempero de uma relação... Bem, só se for pimenta malagueta, né? Tem gente qeu gosta, tem gente que não, mas, mesmo pros que curtem, se não for bem dosada, desanda tudo, né?
Beijos!

1:06 AM
Ane Brasil disse...

Cara, gostei da história!
olha só, tb acho o ciúme uma m...
Tá comigo?
Então é pq tá afim. Se não tivesse...
E quanto à traição... sei não, considero mais importante a lealdade do que a fidelidade. (lavou tá novo, manja?)
Sorte e saúde pra todos!

9:20 AM
 

©2009BLOGAYROZ | by Foxx